umask

Descrição

Quando o usuário cria um arquivo (diretório), o sistema associa ao objeto criado um conjunto de permissões de acesso. Estas permissões indicam quem pode ler, alterar e/ou executar (acessar) o arquivo (diretório).

Por padrão,

  • as permissões iniciais de um arquivo são 0666 (leitura e gravação para todo e qualquer usuário do sistema);
  • as permissões iniciais de um diretório são 0777 (leitura, gravação e acesso para todo e qualquer usuário do sistema).

Quando um usuário cria um arquivo (ou diretório), o sistema associa a este arquivo (diretório) o resultado da operação

“permissão padrão” – umask

onde umask tem as permissões não liberadas para os usuários.

Exemplos

  • Para verificar a configuração atual de umask, basta digitar na linha de comando

umask

Abaixo é mostrada a definição padrão do Linux.

0022

  • Suponha que o usuário aluno tenha umask igual a 0022. Quando este usuário cria o arquivo teste, as permissões do arquivo então corresponde ao valor 0644.

-rw-r−−r−− 1 aluno aluno 0 May 28 17:20 teste

  • Para alterar o valor de umask, basta incluir o novo valor após o comando umask. Por exemplo, o comando

umask 0036

define que, por padrão, novos arquivos terão permissão 0640, enquanto novos diretórios terão permissão 0741. Abaixo, um arquivo e um diretório criados com estas permissões.

 -rw-r−−−−− 1  aluno aluno  1024  Fev 12  20:45 arq_teste
drwxr−−−−x 2  aluno aluno  4096  Fev 12   20:47 dir_teste

Observações

  • O comando chmod permite alterar as permissões de acesso de arquivos/diretórios.

 

Sumário      |      Topo